Comunidade Luterana de Montenegro

Notícias

Celebrações de Advento

Culto de 20 de Setembro

Estimados membros e amigos. Com o intuito de resgatarmos nossa cultura gaúcha, estaremos realizando neste feriado de 20 de setembro a segunda edição do nosso Culto Gauchesco. Será às 8h em nossa Igreja da Ressurreição. Preferencialmente, venham pilchados ou com peças de roupas que caracterizam indumentárias gaúchas.

Dia 08 de setembro será um culto todo especial com Jubileus de Confirmação 25 e 50 anos. Para tal, nosso Coral Luterano junto com a Orquestra de Violinos de Morro Azul - Paverama estão preparando um lindo e emocionante repertório. Abaixo os convites das turmas de 1969 e 1994. Se vocês fazem parte delas, confirmem presença na secretaria até 31 de agosto. Algo especial está sendo preparado.  SAIBA MAIS !!!

Carta Pastoral

17/04/19

Semana de Páscoa.

Domingo de Ramos

Prezados irmãos/ãs em Cristo. Com o Domingo de Ramos iniciamos a Semana Santa. Gostaria de motivá-los a participar destes cultos dos quais celebraremos momentos tão importantes da nossa fé e espiritualidade cristã. O Tríduo Pascal é um grande culto que se inicia na Quinta-feira Santa e se encerra no Domingo de Páscoa. Poderíamos considerá-lo como um "retiro espiritual". Muita coisa nova, marcante e profunda acontecerá nestes dias. Como seria bom se pudessem se planejar e assumir este compromisso com o Senhor de participar de toda a sequencia. Que Deus abençoe você. Desde já, seja bem-vindo/a!

1 / 2

Please reload

História da Comunidade Luterana de Montenegro

 

Os primeiros evangélicos chegaram ao Vale do Caí em 1832 junto com as correntes imigratórias da Alemanha. A casa dos Schilling, localizada no cais, tornou-se o ponto de encontro dessas famílias.

No dia 14 de fevereiro de 1864 reuniram-se 18 famílias evangélicas na casa do comerciante Jacob Schilling às margens do rio Caí, onde decidiram criar uma comunidade filiada à Paróquia de Hamburgo Velho. Em pouco mais de uma década de trabalho árduo a comunidade cresceu consideravelmente. Novos membros somaram seus esforços na construção de um templo próprio em terreno doado pelo Barão do Jacuí.

Inaugurada a 7 de maio de 1876 essa igreja representou um avanço da informalidade das atividades dos evangélicos na região. Já em 1881 a Escola Comunitária Alemã é fundada. Em 1892 a comunidade se filia ao Sínodo Rio-Grandense. Estes passos vigorosos representam a inserção cada vez maior dos membros na sociedade e a confirmação do seu compromisso com o Evangelho.

A pequena igrejinha que havia atendido os membros no começo não comportava mais o número de pessoas que procurava participar dos cultos. Por isso foi demolida em 1899 e um novo templo começou a ser erguido em 1903 e inaugurado em 28 de outubro de 1906 com o toque festivo de seu primeiro sino.

Em 1911 é fundada uma Associação de Senhoras Evangélicas, hoje conhecida por Ordem Auxiliadora de Senhoras Evangélicas. Após a Primeira Guerra Mundial, a preocupação com o desenvolvimento dos jovens na cidade, cria-se o grupo de Juventude Evangélica.

Graças ao empenho das senhoras evangélicas e doação de um terreno pelo município de Montenegro foi possível lançar a pedra fundamental do Hospital Montenegro em 1929, inaugurado a 22 de fevereiro de 1931.

Na década de 50, a igreja é reformada para as comemorações do seu cinquentenário. Mas, em 28 de agosto de 1956 um incêndio destrói tanto os planos da festa quanto o próprio templo.  A nova igreja começou a ser erguida em 1957 e embora usada pelos membros desde 1960 foi solenemente inaugurada a 3 de maio de 1964.

Este templo, conhecido carinhosamente pelos montenegrinos por “Igreja do relógio” vem acolhendo, pregando e vivenciando a graça e o amor de Deus. É uma igreja aberta a todas as pessoas que dela querem fazer a “igreja para sua família e por toda a vida”. Tendo a acolhida como marca principal, a Comunidade Evangélica de Montenegro está de portas abertas para acolher você.

Desejamos ser sempre instrumento nas mãos de Deus que encontra as pessoas em suas necessidades espirituais. Além do estudo e pregação da Palavra de Deus, dos Sacramentos do Batismo e da Santa Ceia (eucaristia), realizamos inúmeros ofícios como visitação, cuidado, bênção matrimonial, sepultamentos e formação continuada de nossos membros e lideranças.

Possuímos para tal atividades que iniciam com as crianças, perpassando por adolescentes e jovens, noivos, casais, homens, mulheres e terceira idade. Nosso modelo de igreja, não é uma “igreja de massa”, mas um modelo de igreja como “família de fé”. Temos consciência que como Igreja cristã, de confessionalidade luterana, não estamos prontos, mas em constante reforma. Muito há por fazer, mas o exemplo deixado até agora é de superação e de desprendimento em favor de uma causa maior: o Reino de Deus.

Seja bem-vindo e bem-vinda! Aqui você e sua família tem lugar!

Pastor Márcio Simões da Costa